quarta-feira, 7 de setembro de 2016

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Trabalho Missionário

Estamos cultuando a Deus no prédio do Distrito Sanitário Yanomami, todas as quartas-feiras das 08:00 as 08:30 em Boa Vista - Roraima.

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Bom dia

Bom dia amigos

quarta-feira, 29 de maio de 2013

CONGRESSO DE CASAIS (RESUMO DOS ENSINAMENTOS)

Data: 18/05/2013

Texto Bíblico: Gn. 1:27-28

01) REGRAS BÁSICAS PARA UM BOM RELACIONAMENTO FAMILIAR

- Desenvolva a arte da Comunicação Inteligente: Procure realizar a felicidade do seu cônjuge (Tg. 1:19)
   Ec. 9:9 – Goza a vida com a mulher que ama...

- Proporcione no seu lar um ambiente de abertura, confiança e bondade (Ef. 4:32)

- Exercite a bondade em seu relacionamento, que é o amor em ação;

- Priorize a comunicação, que é capaz de tornar o seu lar um ambiente não agressivo;

- Não perca as oportunidades de se tornar amável (Pv. 15:01)

- Textos Bíblicos importantes sobre relacionamento: Ef. 4:2-3 e Mt. 16:18-20

- Esforce-se para manter no seu lar: a Unidade, a Lei da Concordância, a Adoração a Deus, a Humildade, a Mansidão,
  a Longanimidade, a Tolerância, o Amor, a presença do Espírito Santo e a Paz de Cristo;


- Procure controlar as suas palavras (Pv. 17:17)


02) O SEXO É A CELEBRAÇÃO DO AMOR - Pv. 5:15 – Bebe a água da tua própria cisterna e da corrente de seu poço.

- O sexo só é puro quando praticado no casamento. É responsável pela manutenção da vida conjugal;

- O homem produz mais libido (desejo sexual) do que a mulher. Por isso, o homem é como um Fogão à gás e a mulher,
  como um Fogão à Lenha. O Homem se excita pelo quer Ver (olhos), a Mulher pelo que Ouve (ouvidos);

- Todo ato de adultério carrega uma sentença de morte.

- O Perigo da Pornografia: Não deixe que os desejos de teus olhos sejam laços para os seus pés.

- Rm. 1:28, retrata, fielmente, todas as características do homem ímpio, em sua natureza carnal, distante de Deus;

- Procure adotar a seguinte postura: “Eu me nego a rir daquilo que faz o meu Deus chorar”.
  Esse ato simboliza um repúdio contra o Pecado e a Imoralidade.

- Na sua vida conjugal assuma esse desafio: “Eu posso dificultar a ação do maligno no meu casamento”.

- A Oferta revela onde está o meu coração (Sl. 127: 01-02 – Família e Filhos).


03) O PAPEL DE CADA MEMBRO DA FAMÍLIA

- Todos têm que estar alinhados da seguinte forma: 1) Deus, 2) Jesus, 3) Pai, 4) Mãe e 5) Filhos;

- Filhos não nascem prontos, mas se constrói. Filhos não nascem ateus, chamando palavrões ou desobedientes.
  Filhos não se perdem na Rua, mas se perdem dentro de Casa, quando não são ensinados.

- Lugar de filhos de crentes é na Igreja.

- Desde a infância, peça ao seu filho para lhe fazer esse compromisso: “Filho, prometa-me, nunca deixe a Jesus.
  Desafie seus filhos e dê-lhes recompensa por decorar e aprender versículos da Bíblia Sagrada;

- É da responsabilidade dos pais enraizar no interior dos filhos os princípios bíblicos, étnicos e morais e, assim, formar o
  seu caráter cristão;

- Divulgue e adote esse movimento: “Seja uma cópia de Jesus Cristo, imitando o Seu caráter”.


04) VERDADES E DESEJOS DOS FILHOS

- Os filhos desejam mais a presença dos pais, do que presentes (os Presentes não substituem a Presença);

- Sobre educação dos Filhos, segundo a visão de Deus – Dt. 6:6-7
- Ore pelos seus filhos quando eles estiverem dormindo;

- Quanto tempo você tem investido em favor de seus filhos e família?

- Todo Pai consciente deve incentivar a família a almoçar e jantar na mesa, por esse lugar é um momento de celebração,
  união, lugar de encontro, de diálogo;

- Está provado que a família que senta à mesa é mais feliz e unida. Por isso, devemos proibir a TV nesses momentos;

- Os pais devem se tornar amigos dos filhos. Todo filho quer um relacionamento, antes de ouvir regras;

- O amigo ouve, respeita, confia, compartilha experiências e sonhos;

- Todo filho quer ter um pai que ensine mais com seus exemplos do que com palavras (Jo. 13:15).


05) A DISCIPLINA BÍBLICA

- A disciplina ou correção bíblica não expõe ao vexame ou constrangimento, nem ridiculariza;

- Ela ajuda a vencer o pecado e a tentação. Ela deve ser acompanhada com aconselhamentos;

- Os pais devem jejuar e orar por seus filhos e sempre manter, diariamente, o Culto Doméstico;

- Os filhos reproduzem o que seus pais são e fazem;

- Pai, qual o legado que você deixará para os seus filhos? O melhor é o Caráter Exemplar!


                                                           XXXXXXXxxxxxxxxxxXXXXXXXXX





Ev. Paulo Briglia

sábado, 22 de setembro de 2012

PRINCÍPIOS QUE ORIENTAM AO EXERCÍCIO DO VOTO CRISTÃO

Ev. Paulo Briglia




1) Porque votar?

     É por meio do voto que o eleitor tem a oportunidade de fazer valer sua opinião e sua vontade quanto à gestão política de sua cidade, estado ou país. O voto consciente é aquele em que o eleitor endossa o conjunto de proposta de um candidato e de seu partido, por considerá-lo o que melhor atende aos anseios do seu povo. Quem se nega a envolver-se no processo eleitoral está sendo omisso, desperdiçando a oportunidade de mudar tudo o que acha errado, seja a corrupção, as injustiças sociais, o difícil acesso à educação ou a falta de saneamento básico. Votar, portanto, é manifestar a opinião num ato eleitoral. É ajudar a eleger alguém para que o represente.

2) Quem pode votar?

     Todas as pessoas de dezesseis anos pra cima têm o direito de votar e participar da vida política de seu país. Para os cidadãos de faixa etária entre 18 e 70 anos, o voto é obrigatório. Todo eleitor deve ser livre para votar no candidato que preferir, não devendo ser compelido a votar em alguém ou numa lista de candidatos específicos.

3) Vale a pena votar?

     Entendo que SIM, pois, o voto é uma das formas de exercitar a cidadania e de expressar os anseios populares. Ademais, pelo voto fortalecemos a democracia. Assim, muito mais que um gesto, votar é acreditar numa sociedade melhor que almejamos construir e deixar para as gerações futuras.

4) O que podemos fazer para votar bem?

     Antes de votar converse com seus familiares, amigos, vizinhos, companheiros de trabalho, moradores da comunidade sobre os problemas e soluções de seu bairro, seu município, seu Estado e seu País. Para votar bem, deve-se refletir sobre: a) O que queremos; b) O que não queremos; c) Quem são os candidatos; d) Se são conhecidos por nós; e e) Quais são os seus projetos, suas propostas de campanha.

5) Para escolher bem o candidato é necessário o que?

     Acompanhar os debates e programas políticos no rádio e na TV. Lembre-se que, a imprensa ainda é o melhor canal de informação das propostas dos candidatos. Analise a vida pregressa do candidato e também o seu caráter. Essas informações serão valiosos instrumentos que revelarão a sua sinceridade, honestidade e competência. Conhecer a história de vida e o passado político do candidato é muito importante.

6) Qual deve ser o critério para escolher esta ou aquela proposta?

     Depende apenas do que se considera prioritário para a comunidade. Esta talvez seja a questão mais importante para não ser enganado. Saber se o que o candidato está prometendo é viável, se está dentro da alçada do cargo que ele está disputando, e se ele poderá cumprir, e ainda, se as propostas apresentadas resolverão os problemas da comunidade. É imprescindível conhecer as funções do cargo para o qual o candidato está se apresentando.

7) O que significa “comprar votos”?

     A tentativa de compra de voto se dá quando o candidato propõe ao eleitor um bem ou vantagem em troca do voto. De acordo com a Lei, é proibido a qualquer candidato, "doar, oferecer, prometer ou entregar ao eleitor, com a finalidade de obter-lhe o voto, bens ou vantagem pessoal de qualquer natureza, inclusive emprego ou função pública".

8) Dentre as práticas dissimuladas de comprometer o seu direito de votar, podemos citar, a...:

     1) Compra de votos diretamente com dinheiro; 2) Promessa de emprego; 3) Doação de cestas básicas, carradas de barro, areia ou materiais para construção; 4) Distribuição de lotes e materiais de construção; 5) Consultas médicas, distribuição de medicamentos; 6) Doação de uniformes e materiais para jogos de times esportivos; 7) Doação de passagens, transportes, viagens e passeios. Em casos envolvendo igrejas, é comum o candidato oferecer material de construção, terrenos, aparelhagem de som, instrumentos, carro, material gráfico, etc.

ATENÇÃO!

     Qualquer um dos exemplos citados é tentativa de subornar o seu direito de votar. Por isso, deve ser denunciado tais manobras, mesmo que o candidato alegue que não teve esta intenção.

9) Lembre-se: O legítimo exercício da cidadania de votar não tem preço!

      Para que o Brasil seja considerado um país sério e ingressar no rol dos países desenvolvidos do 1º mundo, é necessário acabar com a idéia de que as eleições constituem oportunidades privilegiadas para pedir favores ou ganhar presentes dos políticos. Você está vendendo seu voto quando aceita votar em determinado candidato em troca de algum bem ou benefício pessoal imediato. Sem dúvida, a vida dos brasileiros não está fácil. A maioria passa por dificuldades econômicas, e necessita de muita coisa. Mas vender o voto é péssimo negócio, pois o exercício livre e consciente desse direito vale muito mais do que qualquer coisa que o candidato possa lhe oferecer. Com ele, você pode melhorar a vida da sua família, da sua rua, da sua comunidade, da sua cidade, do seu estado, de seu país. Se você vota com seriedade, os recursos públicos podem ser empregados em escolas dotadas de bons professores, boa infraestrutura e boa merenda, onde seus filhos poderão aprender mais e melhor, quebrando o ciclo da pobreza e progredindo na vida. Somente através do voto consciente podemos afastar os maus políticos da política, substituindo-os por gente em quem se possa confiar. Não venda seu voto. Exerça sua cidadania com integridade.

10) O que é Chantagem eleitoral?

     É uma forma dissimulada e contrária aos princípios democráticos de influenciar no livre direito do exercício da cidadania (direito de votar). Há muitos candidatos inescrupulosos que se aproveitam da ingenuidade das pessoas para promover uma espécie de chantagem eleitoral. Acusam seus oponentes alegando que farão algo que prejudicará a população, usam fatos mentirosos ou distorcidos para tocar o terror nos eleitores. Coisas do tipo: - Se fulano for eleito, vai liberar a maconha! – Vai ser do reinado do Anticristo, ou perseguirá as denominações religiosas! Lançando mão dessa essa estratégia, alguns líderes religiosos afoitos chegam a fazer ameaça de púlpito para quem ouse votar em um determinado candidato. Há quem tema até pela sua própria salvação! Não deixe que ninguém pense por você! Vote com seriedade e maturidade. Você não vai perder a salvação, ou terá sua comunhão com Deus comprometida, simplesmente por votar em alguém cuja ideologia é combatida por sua denominação.



XXXXXXXXXXXxxxxxxxxxxXXXXXXXXX